Siga nossas redes sociais

Destaques

Milton Ribeiro tenta explicar áudio sobre pastores que intermediam verbas do MEC

Published

on

Compartilhe

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, terá que explicar ao Congresso Nacional sobre o material vazado onde, em um áudio, ele informa que a destinação de verbas do MEC se dá por intermédio de pastores.

Nesta quarta-feira (23), Ribeiro ligou para o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e para o senador Marcelo Castro (MDB-PI), presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, e se colocou à disposição para dar explicações.

O presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), Marcelo Lopes da Ponte, também deve ser chamado para explicar sobre o assunto.

Pelas redes sociais, Ribeiro tentou desfazer qualquer mal entendido dizendo que “a alocação de recursos ocorre segundo legislação orçamentária bem como critérios técnicos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)” e que “não há nenhuma possibilidade” de o ministro determinar alocação de recursos para favorecer ou desfavorecer qualquer município ou estado.

CGADB diz que pastores não agem em nome dela

A Convenção Geral dos Ministros das Igrejas Assembleia de Deus do Brasil (CGADB) afirma que os pastores Gilmar Silva Santos e Arilton Moura Correa, envolvidos no caso, “não representa e não tem autorização para falar em nome da CGADB”. Além disso, a Convenção “repudia as práticas noticiadas na imprensa”.

Redação Exibir Gospel