Siga nossas redes sociais

Testemunho

Missionário testemunha como saiu da homossexualidade: “Perguntei o que Deus achava”

Published

on

Compartilhe

O missionário Rodrigo Menezes, do Jocum na Argentina, gravou um vídeo contando como ele deixou a homossexualidade em suas redes sociais.

O assunto foi tocado por ele em resposta ao vídeo do também missionário Bruno Bordon que se assumiu homossexual nas redes sociais causando grande polêmica entre os evangélicos.

Menezes dividiu com sua audiência que em um momento de sua vida ele teve contato com uma pastor “da hipergraça” que o convenceu de que ser homossexual não é errado e que é aceito por Deus.

Convencido disso, ele chegou a se aprofundar na teologia da “hipergraça” que prega o perdão de todos os pecados e que até se tornou um ativista homossexual. “Eu acreditava que eu me casaria com um homem e formaria uma família”, diz ele.

Mas tudo mudou quando ele resolveu orar e perguntar para Deus o que Ele pensava sobre essa situação e a resposta que Menezes recebeu mudou sua vida.

“Um dia Cristo me arrancou desse lugar de mentiras. Hoje, casado com a mulher mais incrível e linda desse mundo, com uma vida sexual saudável e sem margem para dúvidas de quem eu sou, não posso me calar. Jesus me deu identidade e destino”, testemunha ele na legenda do vídeo.

Menezes também mandou um recado para os influenciadores cristãos que apoiaram Bruno Bordón em se assumiu homossexual: “Após assistir ao vídeo do Bruno Bordon, meu coração sangrou. Fiquei mal, quebrado emocionalmente. Me vi na sua história, nas suas dores e na sua “aceitação”. Inclusive, quando eu me assumi, vários evangélicos me apoiaram dizendo que o importante era eu ser feliz. Que tristeza ver influencers cristãos apoiando um homem de Deus a permanecer no engano!”

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.