Siga nossas redes sociais

Destaques

‘Cristianismo de mangas arregaçadas’: Joni e amigos resgatam mais de 300 pessoas com deficiência da Ucrânia

Published

on

Compartilhe

Mais de cinquenta anos atrás, um acidente de mergulho deixou Joni Eareckson Tada em uma cadeira de rodas incapaz de andar.

Desde então, ela tem sido uma forte defensora das pessoas com deficiência. Seu último trabalho envolve resgatar pessoas presas na Ucrânia desde que a Rússia invadiu o país.

Ela disse ao Prayer Link da CBN sobre as dificuldades que muitos estão enfrentando – chamando sua situação de horrível. 

“Imagine se você é tetraplégico como eu”, disse Joni durante uma entrevista no programa. “Eu não posso usar minhas mãos. Estou em uma cadeira de rodas e se você estava no sétimo andar de um prédio de apartamentos e você está em Mariupol sendo bombardeado e houve ataques de foguetes, não é como se você pudesse pular da cama , pegue algumas coisas, saia correndo pela porta da frente, corra para a fronteira.

“Você não pode fazer isso. E assim, muitas dessas pessoas com deficiência estão presas em prédios de apartamentos. Muitas delas estão em porões”, continuou Joni.

Ela explicou como seu ministério, Joni and Friends , está ajudando a tirar muitos da zona de guerra.

“Estamos trabalhando com nosso parceiro no país Galina”, disse Joni. “Galina e nossas equipes estão procurando por essas pessoas mesmo nas partes mais perigosas do leste da Ucrânia para resgatá-las e levá-las para a fronteira e para um refúgio seguro não apenas na Polônia, mas na Alemanha e na Holanda. 300 pessoas com deficiência até agora e cuidadores e ainda estamos ativos.”

Pouco antes da invasão russa, começaria a construção de um centro para deficientes na Ucrânia chamado Joni’s House. Ele é projetado para atender às necessidades espirituais, físicas, econômicas e sociais das pessoas que vivem com deficiência. 

O ministério estabeleceu vários centros de deficiência em todo o mundo. 

Embora a guerra tenha forçado o ministério a redirecionar seus esforços, isso não impediu o alcance.

“Nós rapidamente giramos e todo o concreto, todo o cimento, os blocos de concreto, a madeira, tudo pronto para a construção da Joni’s House na Ucrânia, de repente realocamos, redirecionamos para serem usados ​​para garantir casas e instalações de cuidados para os idosos, para proteger as pessoas com deficiência”, compartilhou Joni.

Ela acrescentou: “Então, todos esses itens foram bem usados ​​não na construção de uma Joni’s House, mas, é claro, na barricada das pessoas para que elas pudessem ter um porto seguro”.        

É um caminho sem dúvida cheio de perigos. 

“Apenas os cristãos que estão se oferecendo para dirigir esses ônibus pelos corredores onde há bombardeios pesados, até mesmo os motoristas dessas vans estão correndo um grande risco”, disse Joni.

Enquanto isso, Joni está incentivando os crentes a orar por aqueles que ajudam nos esforços de resgate na Ucrânia.

“Essas pessoas estão exaustas, em estado de choque, mas ainda assim estão praticando o cristianismo com as mangas arregaçadas”, observou ela. “E assim, por favor, ore por Galina e sua rede de amigos que estão fazendo o esforço valente e muito corajoso e corajoso para ir às partes mais perigosas e encontrar essas pessoas com deficiência e trazê-las para a segurança”.

Fonte:https://www1.cbn.com/cbnnews