Siga nossas redes sociais

Destaques

Lula defende a legalização do aborto e Malafaia rebate: “O direito à vida é a mãe de todos os direitos”

Published

on

Compartilhe

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato à Presidência pelo PT, defendeu a legalização do aborto no Brasil.

Segundo ele, as mulheres pobres morrem fazendo aborto clandestino, enquanto que as ricas viajam para outros países onde o procedimento é legalizado.

“Aqui no Brasil ela não faz porque é proibido, quando na verdade deveria ser transformado numa questão de saúde pública e todo mundo ter direito e não ter vergonha”, disse ele.

O pastor Silas Malafaia gravou um vídeo para rebater a fala do petista, dando motivos não religiosos para impedir que o aborto seja legalizado.

“O direito à vida é o maior de todos os direitos. Se você anular o direito à vida, que outro direito você vai querer conquistar e defender?”, diz.

Para o pastor, que é formado em psicologia, a única diferença entre os adultos e os fetos é o tempo e a nutrição. Ele também fala sobre a questão do filho não ser prolongamento do corpo da mulher.

“O feto é o ativo na gestação”, disse. “O pequeno bebê não é prolongamento do corpo da mãe, por isso, ela não tem direito para decidir sobre a vida dele”.

A questão de saúde mental sobre as mulheres que abortaram também foi levantada pelo pastor, mostrando dados de um estudo internacional.

“O aborto é o massacre dos poderosos contra os indefesos”, diz o pastor.

Assista:

Redação Exibir Gospel