Siga nossas redes sociais

Destaques

Maceió: Rádio da família do prefeito demite pastor radialista por questões políticas

Published

on

Compartilhe

Ildo Rafael apresentava um dos principais programas da Rádio Farol FM

A Rádio Farol FM, que pertence à família Caldas, do prefeito de Maceió, JHC, demitiu na semana passada o radialista e pastor Ildo Rafael que apresentava o programa Show da Manhã.

Com uma audiência fiel e sendo um dos principais programas da emissora, seu desligamento repentino assustou os ouvintes que, ao procurarem nas redes sociais, tiveram a informação de que a demissão se deu por razões políticas.

Segundo o comunicador declarou em áudios que circulam nos grupos da capital alagoana, JHC o pressionou para que ele se filiasse ao PSB para disputar as eleições de outubro.

Rafael, que já tentou se eleger outras vezes, disse que não tinha interesse no PSB, que é ligado à esquerda política, nem tinha mais pretensões de se tornar candidato.

Apesar de ser um nome forte na capital por conta de seu programa matinal, o radialista evangélico entendeu que, na verdade, o interesse da família Caldas era que ele somasse votos em favor da sigla.

O prefeito da capital, segundo a imprensa local, tem interesse em eleger ainda este ano seu irmão e seu pai como deputados estadual e federal e a mãe como senadora.

Com a negativa do pastor de fazer parte do plano, ele foi desligado da rádio sem justa causa.

Entramos em contato com a Prefeitura, mas o assessor declarou que não poderia comentar assuntos pessoais do prefeito. A assessoria da rádio também não respondeu.

Ouvintes lamentam

O pastor Ildo Rafael apresentava um programa interativo que ajuda a população mais pobre da cidade, mobilizando apoio e doações.

Cestas básicas, remédios, cadeiras de rodas, móveis, entre outros itens eram recolhidos e doados para quem pedia ajuda do programa.

Quando a demissão do radialista evangélico chegou aos ouvintes, os grupos da cidade foram inundados por críticas ao prefeito e ao partido.

Redação Exibir Gospel / Leilaine Lopes