Siga nossas redes sociais

Destaques

Isadora Pompeo é criticada por assumir apoio a Bolsonaro: “É o menos pior”

Published

on

Compartilhe

A cantora Isadora Pompeo gerou polêmica nas redes sociais ao dizer que votará em Jair Bolsonaro para presidente do país. Segundo ela, o político é o “menos pior” entre os pré-candidatos.

“Política é top pra quem curte política, mano. Eu não gosto de política, mas eu tenho princípios. Se fere os meus princípios, não entra na minha política”, disse ela.

“Ele é o menos pior que nós temos, e glória a Deus por isso. Talvez ele não seja o melhor, mas talvez ele seja necessário para o momento”, continuou a intérprete de “Não Há o Que Temer”.

O vídeo do comentário da cantora foi parar em perfis de fofoca no Instagram e a conta de Isadora foi invadida por militantes de esquerda.

“Muito infeliz sua fala sobre o Presidente… Deveria ter ficado calada”, disse uma internauta. “Bolsonaro é menos pior que você né gata? Só se for”, declarou outra. “Menos pior mulher? O povo tá passando fome, inflação lá em cima e ele é menos pior? Ele é o pior presidente isso sim. Tome vergonha na cara, esse teu cristianismo é fajuto, olhai para os pobres, um homem que só luta em favor dos ricos e usa religião para se eleger não é digno de confiança”, diz outra internauta.

Ao perceber que estava sendo alvo de ódio. Ela escreveu nos stories: “Liberdade de expressão no Brasil? Não! Cuba, Coreia do Norte, China, Vietnã, SIM! Vai nessa crente… preguiça”.

Ela ainda voltou para dizer que as pessoas precisam abrir seus olhos e ela reafirmou: “Se fere meus princípios, não entra na minha política”.

Redação Exibir Gospel