Siga nossas redes sociais

Destaques

Educação de Itaquá recebe palestra sobre combate à desinformação a partir deste terça-feira (24/5)

Published

on

Compartilhe

Com o tema, “Contra as fake news, a educação”, palestra será ministrada pela jornalista especialista em educomunicação, Gisleine Zarbiettis, a cerca de 400 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA)

A Secretaria de Educação de Itaquá receberá a partir desta terça-feira (24 de maio) uma palestra sobre educação midiática que será destinada aos cerca de 400 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Com o tema “Contra as fake news, a educação”, a palestra será ministrada pela jornalista especialista em educomunicação, Gisleine Zarbiettis, que percorrerá até junho os sete polos educacionais da EJA.

Com o objetivo de promover o senso crítico dos alunos e estimular atitudes reflexivas, a iniciativa vem ao encontro da proposta pedagógica da Secretaria de Educação de Itaquá, que tem à frente Maria Cristina Perpétuo. Uma das premissas da palestra é capacitar os estudantes para combater a produção e disseminação de conteúdos falsos, as chamadas fake news.

A especialista Gisleine Zarbiettis, idealizadora do projeto Educom – Consciência que Transforma, explica que os pilares da educação midiática estão presentes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e visam construir um conjunto de habilidades transversais para difundir hábitos de cidadania e incentivar o protagonismo estudantil no combate à desinformação.

“Nesse momento de hiperabundância da informação precisamos cada vez mais cedo preparar as gerações para combater o obscurantismo que se propaga com facilidade nos meios digitais. A Secretaria de Educação de Itaquá saiu à frente e deu um passo muito importante para enfrentar um dos problemas que mais afetam a sociedade e comprometem a democracia, que são as fake news”, diz.

A secretária Maria Cristina Perpétuo destaca a importância desse processo para preparar não somente estudantes, mas cidadãos para se relacionarem de forma crítica, ética e responsável nas plataformas digitais:

“A sociedade se transforma constantemente e a educação precisa acompanhar essas mudanças, pois é quem forma e prepara as pessoas para atuarem nessas novas formas de interação social. Há pouco tempo o ensino se tornou híbrido e precisou se adaptar a essa nova realidade que cada vez mais deve incorporar atividades que favoreçam o letramento digital e informacional”, ressalta.