Siga nossas redes sociais

Destaques

Governo de São Paulo oferece R$ 100 milhões em crédito a juro zero para empresas negativadas do estado de SP

Published

on

foto reprodução internet
Compartilhe
Empresários podem solicitar, por meio do Banco do Povo, crédito da linha Nome Limpo para pagar dívidas negativadas durante a pandemia da Covid-19 O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece R$ 100 milhões em crédito para empresas negativadas durante a pandemia da Covid-19 com o programa Nome Limpo. A iniciativa já está em operação no estado de São Paulo. Lançada neste ano, a iniciativa visa facilitar a regularização da situação de empresários negativados junto aos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Empresários podem solicitar crédito de R$ 100 a R$ 5 mil reais com até 180 dias para iniciar o pagamento da 1ª parcela e 24 meses para quitação do crédito. “A partir dos impactos da pandemia, avaliamos a necessidade de ofertar crédito para as empresas que ficaram negativadas. O Programa Nome Limpo foi criado para atender a essa demanda e garantir, inclusive, com cursos de gestão financeira, que os empreendedores de São Paulo possam voltar a abrir seus negócios e continuar a crescer”, comentou Zeina Latif, secretária de Desenvolvimento Econômico. Por meio do Banco do Povo, o crédito será concedido a pessoas jurídicas qualificadas como MEI (Microeemprendedor Individual), ME (Micro Empresa), Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) ou LTDA (sociedade limitada) que se endividaram durante a pandemia e não conseguiram quitar os pagamentos e por conta disso, foram negativados. Condições para os empréstimos: Residentes do estado de São PauloTer dívida contraída a partir de março de 2020Ter realizado curso de qualificação empreendedoraApresentar plano de recuperaçãoPossuir documento comprobatório emitido por órgãos de defesa do consumidor Para solicitar a linha de crédito, os interessados devem comparecer à unidade do Banco do Povo de seu município, local onde o CNPJ está registrado e realizar a trilha de curso da linha com carga horária de 20 horas, disponível em digital.sebraesp.com.br/parceiro/empreenda-rapido-nome-limpoBanco do Povo O Banco do Povo Paulista (BPP) está presente em todo estado de SP, sendo que mais de 500 municípios operam a política de microcrédito descentralizada. O BPP desembolsou no ano passado R$ 315,7 milhões em mais de 19 mil operações. Para este ano, a meta é impactar 30 mil empreendedores paulistas, com desembolso de R$ 378 milhões.  Empreenda Rápido O Empreenda Rápido é um programa do Governo de SP, em parceria com o Sebrae-SP, que tem como objetivo facilitar a vida do empreendedor e oferecer tudo o que ele necessita para abrir ou ampliar ou seu negócio em um só lugar, reunindo pela primeira vez toda a rede de fomento ao empreendedorismo do Estado. O programa ainda conta com a participação do Banco do Povo, Desenvolve SP, Jucesp e do Centro Paula Souza. As linhas de crédito vão de R$ 200 a R$ 15 mil. Mais informações podem ser obtidas em empreendarapido.sp.gov.brEmpreenda Mulher O programa Empreenda Mulher oferece cursos de qualificação e acesso a crédito a mulheres empreendedoras ou que tenham interesse em empreender. Em março deste ano, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico abriu 40 mil vagas gratuitas e microcrédito de R$ 200 a R$ 21 mil pelo Banco do Povo. Em 2021, R$ 50 milhões foram concedidos em microcrédito e 28 mil mulheres receberam qualificação em empreendedorismo. Consulte mais detalhes sobre as linhas de crédito e cursos:desenvolvimentoeconomico.sp.gov.br/empreendamulher.  Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce papel fundamental para atrair investimentos ao Estado, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho.  Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance.   No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria, como o Centro Paula Souza,  Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo (USP).

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.