Siga nossas redes sociais

Entretenimento

Câmara dos Deputados deve chamar presidente da Mattel no Brasil para  audiência sobre a Barbie transexual

Published

on

Compartilhe

No último final de semana, nos EUA, a Mattel lançou uma versão inédita e limitada da boneca Barbie em versão transexual em homenagem à atriz e ativista LGBTQ+ Laverne Cox. O brinquedo deve chegar ao Brasil ainda este mês.

Por conta disso, o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) apresentou um requerimento 91/2022 que pede a realização de uma audiência pública para debater sobre a versão da boneca Barbie transexual para “entender as implicações psicossociais em crianças” que tiverem acesso a uma boneca mulher com órgãos sexuais masculinos.

O parlamentar evangélico quer que o presidente ou o equivalente da Mattel do Brasil e algum membro do Ministério da Mulher, da Família e Direitos Humanos sejam chamados para essa audiência.

“A boneca Barbie com órgão reprodutor masculino, lançada recentemente nos EUA e com previsão comercial no Brasil no próximo mês, incorre num liberalismo teratológico que servirá para confundir as crianças sobre a natureza dos gêneros masculino-feminino, pois mulheres e homens são diferenciados pela própria natureza”, diz Otoni de Paula.

O deputado também cita uma fala da ativista pró-família Giuliana Caccia, diretora de Origen, Vanguardia e Cambio Cultural que deu uma entrevista dizendo o seguinte: “todo este tipo de ações como esta Barbie ou o uso de brinquedos para promover uma causa política é um sistema conhecido e também perverso”.

Caccia revela que as empresas que promovem a causa para “educar crianças para suas causas políticas” e que o objetivo não é entretê-las, mas sim usá-las como um instrumento político.

Redação Exibir Gospel