Siga nossas redes sociais

Negócios

‘Ataque vil e satânico’: homens armados matam pelo menos 50 adoradores e crianças na igreja no domingo de Pentecostes na Nigéria

Published

on

Compartilhe

Pelo menos 50 pessoas, muitas delas crianças, estão mortas depois que homens armados atiraram contra fiéis e detonaram explosivos em uma igreja no sudoeste da Nigéria no domingo de Pentecostes.

O legislador Ogunmolasuyi Oluwole disse que os agressores atacaram a Igreja Católica de São Francisco no estado de Ondo assim que as pessoas começaram a se reunir para o culto.

Um padre também teria sido sequestrado.

Adelegbe Timileyin, que representa a área de Owo, disse que pelo menos 50 pessoas foram mortas durante o ataque, no entanto, esse número provavelmente aumentará.

O governador de Ondo, Rotimi Akeredolu, tuitou que os agressores “serão caçados e pagarão por seus crimes”.

“Estou profundamente entristecido pelo ataque não provocado e assassinato de pessoas inocentes de Owo, adorando na Igreja Católica de São Francisco, hoje”, disse ele em um tweet separado. 

“O ataque vil e satânico é um ataque calculado ao povo amante da paz do Reino de Owo que tem desfrutado de relativa paz ao longo dos anos.”

Em Roma, o Papa Francisco ofereceu suas condolências às vítimas e seus familiares.

“O papa soube do ataque à igreja em Ondo, na Nigéria, e da morte de dezenas de fiéis, muitas crianças, durante a celebração de Pentecostes. afetados em um momento de celebração, e os confia ao Senhor para que envie seu Espírito para consolá-los”, disse o papa em um comunicado.

A CBN News informou anteriormente que os ataques contra cristãos em toda a Nigéria aumentaram nos últimos anos.

O grupo Estado Islâmico (EI) divulgou um vídeo no mês passado alegando mostrar os assassinatos de cerca de 20 cristãos no estado de Borno, nordeste da Nigéria.

Em março, pastores Fulani teriam matado 50 cristãos e sequestrado um padre católico no estado de Kaduna. 

E terroristas islâmicos são suspeitos de matar 32 cristãos e dois soldados na cidade de Kagoro, Kaura, em 20 de março.

A lista de vigilância mundial da Portas Abertas lista a Nigéria como o número 7 dos países do mundo onde é mais difícil ser cristão. 

Fonte:CBNNEWS