Siga nossas redes sociais

Destaques

Centenas de presidiárias batizadas como ministério de ‘Deus atrás das grades’ compartilham o poder redentor de Jesus

Published

on

Captura de tela do YouTube: Deus atrás das grades
Compartilhe

Um ministério de prisão está fazendo parceria com igrejas em todo o país para apresentar os presos a Jesus.

God Behind Bars está ajudando os prisioneiros a encontrar a liberdade em Cristo, levando-os em experiências de louvor e adoração enquanto estão encarcerados.

“Ao convidar Deus para a prisão e mostrar Seu amor de maneiras tangíveis, God Behind Bars está restaurando vidas, construindo fé, combatendo vícios, reconectando famílias e dando a milhares de presos esperança para o futuro”, afirma o site do ministério.

Jake Bodine, fundador e CEO da God Behind Bars, explicou que o ministério lançou sua primeira experiência de adoração em 2009 em uma penitenciária em Nevada.

Ele disse que os detentos começaram a “entrar na sala”, depois começaram a cantar e dançar com o amor de Deus em seus corações.

“Nossa equipe começou a sonhar, e se pudéssemos reproduzir isso em 5.000 prisões ao redor do mundo”, disse Bodine.

Pouco depois disso, God Behind Bars adorou com outro grupo de detentos em Oklahoma, onde 90% da prisão compartilhou a experiência. O ministério continuou a se expandir e agora pode ser encontrado de costa a costa.

“Conseguimos lançar em prisões no Alasca, Colorado, Flórida e Texas”, afirmou Bodine. “Os guardas começaram a nos dizer que a cultura na prisão está mudando a cada dia, que os homens e mulheres na prisão estão melhorando sua visão de auto-estima. Estamos assistindo detentos e famílias serem restaurados pela primeira vez. A coisa mais comum que nossa equipe ouve é que, por uma hora, eles não se sentiram como se estivessem na prisão.”

Mais recentemente, um grupo de 265 detentas foi batizada na Penitenciária Feminina de Denver. Muitas das mulheres entregaram suas vidas a Jesus e foram batizadas naquele momento.

“Eu me senti cercado pela família e foi isso que tornou a experiência significativa e significativa”, compartilhou um detento.

Cercado por um coro de todos os presos, o artista cristão Kirk Franklin e a Maverick City Music recentemente apresentaram “Jireh” de uma instituição correcional do sul da Flórida.

O vídeo da apresentação especial mostra milhares de presos levantando as mãos para o céu em oração e adoração.

“Esta foi a primeira vez que alguns presos ouviram o nome de Jesus. Nesta prisão, vimos centenas de presos entregarem suas vidas a Jesus nos últimos dois meses” , escreveu o ministério .

O ministério penitenciário também tem programas para ajudar os detentos a adquirir as habilidades e os conhecimentos de que precisam para serem bem-sucedidos após o cumprimento da pena. 

Após sua libertação, os indivíduos recebem assistência para encontrar um emprego, moradia e oportunidades de educação para que possam seguir em frente com suas vidas. 

Fonte:https://www1.cbn.com/cbnnews/cwn/