Siga nossas redes sociais

Entretenimento

Vereador do PT que invadiu igreja em Curitiba é cassado em 1º turno

Published

on

foto reprodução internet
Compartilhe

Na noite desta terça-feira (21), a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) realizou o primeiro turno das sessões especiais sobre o julgamento disciplinar contra o vereador Renato Freitas (PT) que invadiu uma igreja católica no mês de fevereiro.

Foram 25 votos a favor e 7 contrários à perda do mandato. Um segundo turno da decisão será realizado nesta quarta (22) e são necessários no mínimo 20 votos para manter a cassação.

Freitas e outros manifestantes de esquerda realizaram um protesto contra o racismo no dia 5 de fevereiro deste ano e invadiram a  Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, gritando palavras de ordem contra os religiosos que participavam da missa.

Por conta disto, o Processo Ético Disciplinar (PED) 1/2022 foi aberto na Câmara, acusando o parlamentar de quebra de decoro. Em maio, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar (CEDP) entendeu, por 5 a 2 votos, acompanhando o parecer do relator Sidnei Toaldo (Patriota), que Freitas exerceu liderança no ato, perturbou o culto religioso e realizou ato político dentro da igreja.

Redação Exibir Gospel