Siga nossas redes sociais

Família

Grupo LGBT e defensores do aborto chutam uma Bíblia e depois a jogam no vaso sanitário

Published

on

foto reprodução vídeo internet
Compartilhe

Circula pelas redes sociais um vídeo onde pessoas pró-aborto e LGBTs se unem para destruir a Bíblia, chutando o exemplar e depois jogando-o em um vaso sanitário.

O caso aconteceu nos Estados Unidos, onde uma nova onda de ataques aos cristãos se instalou por conta da decisão da Suprema Corte que resolveu anular a legalização do aborto.

O ataque registrado à fé cristã não é o único que foi realizado nos últimos dias.

Os protestos em favor do aborto estão saindo das ruas e se voltando para igrejas e centros de gravidez.

Chamado de “verão da raiva”, as manifestações contra a fé cristã visam tentar reverter a decisão da Suprema Corte que foi tomada por seis juízes cristãos.

Os ataques contra centros de apoio para gestantes trazem pichações com as letras JR ou a frase “Jane’s Revenge”, que significa a “vingança de Jane”. Jane Roe foi uma norte americana que usou um nome pseudônimo e inventou uma situação de estupro que foi parar na Suprema Corte e que resultou em um precedente jurídico que garantiu o direito ao aborto por qualquer razão em todo os Estados Unidos. O caso aconteceu em 1973.

Entre os alvos de ataques está a Igreja Católica St. John Neumann em Reston, Virgínia, que foi vandalizada neste domingo (26) pela manhã. Um incêndio provocado danificaram parte do prédio que também foi pichado. Em uma das paredes da igreja, usaram palavrão.

Redação Exibir Gospel