Siga nossas redes sociais

Destaques

Leonardo Gonçalves chama Jotta A de ‘ela’ e pastor Anderson Silva condena: “Molenga”

Published

on

Compartilhe

O cantor Leonardo Gonçalves tem um viéis político ligado à esquerda e tem manifestado seus posicionamentos cada vez mais alinhado ao que é pregado por este espectro, inclusive em relação à homossexualidade.

Por ter se referido a Jotta A com o pronome ‘ela’, o cantor adventista foi criticado pelo pastor Anderson Silva, pré-candidato a deputado distrital. Na visão do pastor líder do movimento “Machonaria”, Gonçalves “é um cara molenga” que não conseguiu ser líder da sua casa quando era casado com Daniela Araújo.

“Por que eu fico indignado com Leonardo Gonçalves? Porque ele está chamando Jotta A de ‘ela’, de mulher, e se esse rapaz seguir esse caminho, é a igreja que ele vai procurar daqui a 10 anos, não é você, Leonardo Gonçalves. Ele não vai procurar um relativista como você”, disse.

Silva entende que se um dia Jotta A quiser se reconciliar com Jesus, ele irá procurar uma igreja que pregue a verdade e confronte os pecados. “Quando as pessoas tiverem convicção do pecado, da justiça e do juízo, como diz o Evangelho, as pessoas não vão procurar um cara molenga como você, não, as pessoas vão procurar pastores bíblicos, pastores posicionados, pastores que estão preocupados com o destino eterno das pessoas, e não fazer média com a cultura”.

E então ele cita o primeiro casamento de Leonardo Gonçalves que durou cerca de seis anos. “Se você fosse um homem forte, nem o seu casamento você teria perdido, porque você seria profeta e líder da sua ex-esposa. Mas você pede permissão para ser homem, e nem liderar uma mulher você consegue. A não ser que ela seja tão dócil quanto você. Mas você não consegue, você não tem fibra, tem que sentar e aprender a ser um homem bíblico, de Deus, um homem da igreja”.

Assista:

Redação Exibir /Leiliane Lopes