Siga nossas redes sociais

Destaques

Psicóloga diz que músicas com danças eróticas prejudicam o desenvolvimento das crianças

Published

on

Compartilhe

A psicóloga Leiliane Rocha orienta os pais e responsáveis sobre os cuidados com a educação infantil. Recentemente, ela fez um alerta sobre as músicas com conteúdo erótico implícito ou explícito.

Segundo ela, essas canções prejudicam o desenvolvimento infantil. “Muitos dizem que, quando crianças, dançavam ‘É o Tchan’ e ‘Dancinha da Garrafa’ e não acham que foram erotizados. Você pode até achar que não, mas isso não significa que você não teve prejuízos no seu desenvolvimento”, ensina.

Rocha falava sobre um vídeo onde crianças pequenas dançavam sensualmente e os adultos em volta achavam bonito.  “Pode ser funk, pagode, pop, sertanejo, rock… Se a música tem conteúdo sexual implícito ou explícito, se a dança produz movimentos ritmados que simula uma relação sexual, ela vai erotizar a criança”.

Segundo ela, erotização provoca prejuízos no desenvolvimento emocional e da sexualidade infantil. “Temos que combater este mal! Proteger as crianças destes conteúdos e oferecer Educação Sexual adequada são passos fundamentais para isso”, completou.

Redação Exibir / Leiliane Lopes