Siga nossas redes sociais

Destaques

Brasil registra a primeira morte por varíola dos macacos

Published

on

Compartilhe

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (29) a primeira morte por varíola dos macacos no Brasil. A vítima é um homem de 41 anos morador de Minas Gerais que faleceu ontem.

O brasileiro foi o primeiro caso de morte fora da África. Três óbitos foram verificados na Nigéria e outros dois na República da África Central.

Na tarde desta sexta, a sétima morte do mundo foi registrada na Espanha, país onde o surto se espalhou através de uma sauna voltada para o público LGBT.

A varíola dos macacos é transmitida de uma pessoa para outra por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama.

Os principais infectados pela doença são homens que se relacionam com outros homens. Por isso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) solicita que homossexuais e bissexuais reduzam a quantidade de parceiros.

Alguns países já estão aplicando vacinas de varíola humana que podem ser usadas contra a varíola dos macacos. A maioria deles tem como público alvo os LGBTQ+.

Redação Exibir Gospel/Leiliane Lopes