Siga nossas redes sociais

Destaques

Grã-Bretanha fecha clínica que fazia mudança de sexo em crianças e adolescentes

Published

on

Compartilhe

O Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha está fechando a única clínica dedicada à identidade de gênero do Reino Unido para crianças e jovens.

O fechamento acontece após a divulgação de um relatório alertando que não é seguro expor crianças e adolescentes a hormônios e cirurgias de redesignação de sexo.

O estudo disse que os problemas de saúde mental em pacientes foram “ofuscados” em favor de problemas de identidade de gênero em crianças encaminhadas ao Serviço de Desenvolvimento de Identidade de Gênero de Tavistock (GIDS).

A clínica é acusada de apressar crianças com drogas bloqueadoras da puberdade, e o relatório diz que um “número significativo” de crianças com problemas cognitivos e de saúde mental precisava de exames adicionais antes de recomendar a cirurgia de mudança de sexo. 

O relatório afirmou que “… a maturação do cérebro pode ser interrompida temporária ou permanentemente por bloqueadores da puberdade, o que pode ter um impacto significativo na capacidade de tomar decisões complexas de risco, bem como potenciais consequências neuropsicológicas.”

Desde que foi inaugurada, em 1989, a clínica tratou pelo menos 9.000 crianças com disforia de gênero.

*Com informações CBN News