Siga nossas redes sociais
24/07/2024

Destaques

Apesar da perseguição política, Nicarágua vive avivamento espiritual

Published

on

Compartilhe

A Nicarágua tem sido palco de um crescente cenário de perseguição religiosa por parte do governo liderado por Daniel Ortega, um regime que tem expulsado padres e freiras do país. Em meio a esse contexto desafiador, duas organizações missionárias dos Estados Unidos estão se empenhando em levar a mensagem do Evangelho para a nação centro-americana.

Recentemente, tem sido noticiado um movimento espiritual em campus universitários, igrejas e cidades da Nicarágua, onde a evangelização tem se tornado uma tarefa abrangente. A CBN News teve acesso a informações sobre esses esforços destinados a alcançar centenas de milhares de pessoas com a mensagem cristã.

Uma história notável está se desenvolvendo na Nicarágua, com inúmeros cidadãos participando de campanhas de evangelização em massa e testemunhando o que descrevem como um poderoso mover de Deus em seu país. O missionário Britt Hancock, da organização “Mountain Gateway”, respondeu ao chamado divino para liderar esses eventos.

“Então, Deus realmente falou comigo. Ele me disse: ‘Filho, decidi fazer algo na Nicarágua, e se você disser ‘sim’, verá o que farei'”, compartilhou Britt.

E, de fato, eles têm testemunhado feitos notáveis de Deus. Até o momento, cerca de 650.000 pessoas compareceram às campanhas de evangelização este ano, com mais uma programada. Além disso, estão planejadas mais de uma dúzia para o próximo ano.

“No nome de Jesus, até o final do próximo ano, teremos evangelizado o país inteiro”, afirma Britt. “A Nicarágua tem uma população de seis milhões de habitantes, aproximadamente do tamanho do estado de Alabama em termos de extensão geográfica.”

“Estamos muito gratos a Jesus pelo que está fazendo e por nos permitir participar”, acrescentou. Britt relata que dezenas de milhares de pessoas aceitaram a fé em Jesus Cristo e milhares foram curadas.

“Tivemos pessoas que foram batizadas no Espírito Santo de forma espontânea. Tivemos pessoas saindo de cadeiras de rodas”, compartilhou Britt. “Você nomeia, todo tipo de milagre – coxos andando, ouvidos surdos se abrindo, olhos cegos recuperando a visão.”

Sua esposa, Audrey, também desempenha um papel ativo no ministério. “É incrível, é avassalador”, disse ela. “Quando subimos ao palco e vemos todas essas pessoas vindo, e vindo, e vindo, até mesmo de ônibus, fila após fila de ônibus.”

Surpreendentemente, o governo nicaraguense também tem apoiado esses esforços. “Tivemos tantos milagres que o governo decidiu nos ceder a ‘Plaza de la Fe’, uma praça nacional com capacidade para cerca de 300.000 pessoas”, revelou Britt. “Se a tendência continuar, ela ficará lotada.”

Ele descreve essa concessão como “um estímulo para toda a sociedade” e oferece este conselho: “Diga ‘sim’ a Jesus, não importa o que seja.”

Exibir Gospel/ Leiliane Lopes