Siga nossas redes sociais
20/05/2024

Destaques

Atriz Jane Fonda defende a morte de quem é contra ao aborto

Published

on

Compartilhe

A atriz Jane Fonda defendeu o assassinato de todos os que são contra o aborto durante uma entrevista, causando uma grande polêmica nos Estados Unidos, país onde por 50 anos a interrupção da gravidez foi um procedimento garantido.

Ao falar sobre o assunto no programa The View, da rede ABC, a veterana declarou que as mulheres norte-americanas já passaram “por muitas décadas tendo o arbítrio sobre nosso corpo, sendo capazes de determinar quando e quantos filhos ter” e que agora não pretendem voltar. “Não me importa quais sejam as leis”.

Ao ser questionada sobre o que fazer com aqueles que defendem a vida, além de marchar e protestar contra eles, a atriz respondeu: “Envolve assassinato”.

Muitas personagens pró-vida ficaram preocupadas ao ver uma mulher tão respeitada nos Estados Unidos usando sua popularidade para pregar a morte de quem é contra o aborto.

O caso será levado, inclusive, para o parlamentar daquele país, pois a deputada  Anna Paulina Luna (Partido Republicano) da Flórida, já notificou a Polícia do Capitólio sobre a chamada de Jane Fonda para assassinar políticos pró-vida.

Redação Exibir /Leiliane Lopes