Siga nossas redes sociais
27/05/2024

Destaques

Caso governo não altere resolução, Bancada Evangélica fará PDL para garantir proselitismo em presídios

Published

on

Compartilhe

A Frente Parlamentar Evangélica planeja preparar um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) caso o governo não modifique a portaria que veta pregações nas penitenciárias brasileiras.

Há alguns dias, representantes da Bancada Evangélica se reuniram com o Ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, para discutir a recente resolução do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária que vetou o proselitismo religioso nas penitenciárias do país.

Durante o encontro, Lewandowski se comprometeu a promover alterações no texto da resolução ou emitir uma nota explicativa para permitir a continuidade das visitas de líderes religiosos.

Em entrevista ao portal Diário do Poder, o deputado federal Eli Borges (PL-TO), presidente da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara, relatou o que foi discutido no encontro com o ministro de Lula.

“Tivemos uma reunião produtiva com o Ministro Ricardo Lewandowski, na qual tratamos da resolução do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Ficou decidido que ele faria um estudo para avaliar a possibilidade de fazer mudanças no texto ou emitir uma nota explicativa autorizando as pregações em presídios do Brasil. Estamos aguardando isso”.

Ainda de acordo com o parlamentar, caso o governo não cumpra o compromisso assumido, a Bancada Evangélica está pronta para agir. “Estamos dispostos a trabalhar em um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para garantir o direito à liberdade religiosa nos presídios. Caso o governo não cumpra, traremos o assunto ao plenário para tomarmos as medidas necessárias”, declarou Eli Borges.

Redação Exibir Gospel