Siga nossas redes sociais
26/02/2024

Destaques

Cristãos são socorridos após terremoto na Síria e Turquia

Published

on

Os Centros de Esperança de Aleppo também estão fazendo esse trabalho de assistência, oferecendo comida, água, abrigo e outros itens de necessidade básica
Compartilhe

Parceiros e igrejas locais estão abrigando as vítimas

Ontem, por volta das 4 horas da manhã, um terremoto de magnitude 7.8 atingiu a Turquia e Síria. Segundo testemunhas locais, o terremoto impactou cinco cidades na Turquia e seis cidades na Síria, dentre elas Aleppo e Latakia.  

Edifícios ficaram completamente destruídos, ao menos 2.300 pessoas morreram e mais de cinco mil vítimas ficaram feridas. Um número incontável de pessoas não pode voltar para casa por causa dos danos gerados pelo terremoto.  

Uma nova onda de fortes tremores atingiu a região ontem. Por isso, as pessoas deixaram áreas vizinhas com medo de novos tremores durante a noite. Parceiros locais em ambos os países fizeram um levantamento inicial das necessidades nas igrejas e nas comunidades cristãs e enviaram alguns itens de necessidade básica.   

Assistência e abrigo 

Pessoas encontraram refúgio nas igrejas locais das cidades de Aleppo e Latakia que abriram as portas para recebê-las. Muitas famílias dormiram nos templos para se proteger dos tremores. As igrejas também ofereceram alimentos.  

Uma das igrejas envolvidas acolheu mil vítimas do terremoto em Latakia. Outra igreja local, 200 pessoas e outro templo próximo abrigou 15 vítimas. Os Centros de Esperança de Aleppo também estão fazendo esse trabalho de assistência, oferecendo comida, água e outros itens de necessidade básica.  

Um parceiro local da Portas Abertas na Síria, responsável por um dessas igrejas e Centro de Esperança confirmou que os cristãos iranianos que vivem como refugiados na Turquia também estão sendo socorridos. Igrejas locais na Turquia entregaram cobertores, comida e dedicaram momentos de conversa e oração com os cristãos afetados. 

Ainda não se tem o número completo de igrejas engajadas nesse trabalho, nem o total de pessoas beneficiadas. 

Mobilização 

 A Portas Abertas está mobilizando o envio de recursos para que o trabalho das igrejas locais continue na região. A necessidade de abrigo, cobertores e sacos de dormir está maior do que a capacidade de nossos parceiros e das igrejas locais. Além disso, o medo de novos tremores mantém as pessoas em pânico.  

Por causa da instabilidade causada pelo primeiro dia dos terremotos, é difícil ter uma noção completa do desastre. Estamos ativamente envolvidos com parceiros para conseguir os itens de necessidade básica o mais rápido possível e nos planejando para outros efeitos que essa crise pode gerar.  

A Portas Abertas organizou um grupo de ajuda emergencial, constituído de líderes de igrejas de Aleppo e conta com as orações e doações da igreja brasileira paa coordenar as ações com as igrejas e organizações parceiras na região. Para isso, acesse a campanha Síria – Portas Abertas e saiba como ajudar.