Siga nossas redes sociais
19/04/2024

Destaques

Debate teológico: André Valadão diz que Igreja Adventista é seita e Rodrigo Silva responde

Published

on

Compartilhe

Um debate público entre o pastor André Valadão e o teólogo Rodrigo Silva trouxe à tona discussões teológicas sobre as doutrinas da Igreja Adventista do Sétimo Dia e a percepção de algumas igrejas evangélicas de que essa denominação é considerada uma seita.

Tudo começou quando o pastor André Valadão foi questionado por um seguidor nas redes sociais sobre suas afirmações de que a Igreja Adventista seria uma seita. O pastor da Lagoinha Orlando Church destacou conceitos teológicos e práticas comuns aos adventistas que, segundo ele, estão em desacordo com a Bíblia Sagrada.

Valadão apontou o que chamou de “ensinos heréticos” na Igreja Adventista, citando a defesa da escritora pioneira Ellen G. White, considerada profetisa. Ele destacou a afirmação de que a obra redentora de Jesus Cristo na cruz teria sido incompleta até o ano de 1844, conforme registrado no livro “O Grande Conflito”. Além disso, o pastor ressaltou trechos que sugerem que, segundo Ellen White, Jesus não teria feito a expiação na cruz pelos pecados e que após sua ressurreição, Ele estaria inseguro sobre a perfeição de seu sacrifício.

Outras críticas de Valadão se referiram à alegação de Ellen White de ter conhecimento do dia e hora da vinda de Jesus, bem como à declaração de que a Igreja Adventista seria a única verdadeira, rejeitando as demais igrejas cristãs protestantes após 1844.

Em resposta, Rodrigo Silva, teólogo adventista e pesquisador arqueológico, lamentou a postura de Valadão, destacando a relação respeitosa que mantiveram quando o pai do pastor, Márcio Valadão, era presidente da Lagoinha. Silva não desmentiu diretamente os argumentos sobre os ensinamentos de Ellen White, mas apontou que Valadão teria usado citações copiadas de um site da igreja Batista da Promessa, descontextualizando a autora.

Silva também mencionou um tom belicoso que, segundo ele, pode ter contribuído para um cisma recente na Lagoinha, resultando em várias filiais rompendo vínculos com a sede global.

Sem medo de expor o que acredita, Valadão deu sua réplica e pediu desculpas aos que se sentiram ofendidos. Todavia, reiterou suas críticas, destacando que a Igreja que lidera tem a Bíblia como único fundamento teológico.

O pastor elogiou o programa arqueológico de Silva, que já foi exibido na Rede Super de Televisão sob sua direção, mas rejeitou a afirmação de que 70 igrejas teriam se desligado da Lagoinha Global durante sua gestão, considerando-a inverídica. Valadão enfatizou que suas críticas às doutrinas adventistas são parte de seu compromisso em cuidar, proteger e orientar suas ovelhas, rejeitando aquilo que diverge da simplicidade da Bíblia.

Exibir Gospel / Leilaiane Lope s