Siga nossas redes sociais
18/05/2024

Destaques

Deputado quer impedir a proibição da frase “sob a proteção de Deus” em Goiás

Published

on

Compartilhe

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (2) na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o deputado estadual Fred Rodrigues (DC) contestou a decisão judicial que proibiu o uso da frase “sob a proteção de Deus” e a leitura da Bíblia no início das sessões da Câmara Municipal de Araçatuba, em São Paulo.

A preocupação do parlamentar é que a decisão se espalhe pelo estado de São Paulo e chegue a outras Casas de Leis, como é o caso da Alego.

“Isso deve passar a valer em todo o Estado, o que nos deixa com uma preocupação enorme, pois nossa história e formação passa pelo Cristianismo. Não iniciamos nossas sessões dessa forma de enfeite. Temos, inclusive, muitos deputados eleitos com bases fortes no Cristianismo. Espero que o Estado tome frente e acabe com esse preconceito”.

O legislador acredita que há uma crescente onda de intolerância religiosa contra o Cristianismo no Brasil e se preocupa com decisões como a citada.

A intolerância contra o Cristianismo é permitida e até incentivada. Falta dar uma medalha à pessoa que a pratica. Eles negam, paralelamente, todos os bons ensinamentos que foram trazidos pelo Cristianismo às nossas vidas. Tudo começa com investidas como essa que são, por sinal, perigosíssimas”.

Pensando em evitar ações semelhantes em Goiás, o parlamentar apresentou um projeto que torna a leitura da Bíblia, o uso da frase ‘sob a proteção de Deus’ e o crucifixo em Plenário símbolos do patrimônio cultural, histórico e imaterial goiano. “Já que eles não respeitam o Cristianismo, vamos ver se eles respeitam pelo menos a lei”, finalizou.

Exibir Gospel / Leiliane Lopes