Siga nossas redes sociais
23/02/2024

Destaques

Exército notifica igreja evangélica que faz sorteio de espingarda

Published

on

foto reprodução internet
Compartilhe

Uma igreja evangélica da cidade de Serra, Espírito Santo, tem causado grande polêmica por estar rifando uma espingarda calibre 12 para levantar R$ 25 mil que serão usados para a reforma do departamento infantil.

A arma foi doada por um colecionador, mas agora o Exército  mandou uma notificação para a Igreja Povo da Cruz pedindo esclarecimentos.

A liderança da igreja não sabia, mas armas e munições fazem parte de uma lista de objetos que não podem ser sorteados. Existe um decreto do governo federal sobre o assunto.

O decreto nº 70.951, em seu artigo 10º, diz que “não poderão ser objeto de promoção, mediante distribuição de prêmios medicamentos, combustíveis e lubrificantes, armas e munição assim como explosivos, fogos de artifício ou de estampido, bebidas alcoólicas, fumo e seus derivados”.

Nas redes sociais, o pastor Dinho Souza disse estar orgulhoso da decisão da igreja de rifar uma arma, pois ela não será usada por bandidos, mas por pessoas de bem que defenderão sua família de criminosos.

 Não temos problema com isso porque o armamento é para o cidadão de bem. Seja ele ímpio ou cristão. Nós incentivamos a todo homem de bem que tenha uma arma para defesa da sua família. Aquele que nega e negligencia a defesa da sua família não pode ser chamado de homem”, disse o pastor.

Nas redes sociais da Igreja Povo da Cruz estão cheias de críticas de pessoas que condenam o incentivo a armas.

Redação Exibir Gospel