Siga nossas redes sociais
24/05/2024

Entretenimento

Felippe Valadão é indiciado por intolerância religiosa após fala em culto público

Published

on

Compartilhe

O pastor Felippe Valadão, da Igreja Lagoinha Niterói, foi indiciado na última terça-feira (16) pelo crime de intolerância religiosa. O indiciamento se deu em decorrência de um episódio ocorrido durante um evento oficial da prefeitura de Itaboraí, em maio de 2022.

Na ocasião, Valadão proferiu declarações que foram consideradas ameaçadoras contra os terreiros de umbanda do município e seus dirigentes. Em um discurso público, o pastor afirmou que “o tempo da bagunça espiritual acabou” e que muitos centros de umbanda seriam fechados na cidade.

A investigação conduzida pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) concluiu que não houve alteração no conteúdo do vídeo anexado ao inquérito, e que o religioso cometeu intolerância religiosa. O relatório resultante dessa investigação foi encaminhado ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Em sua defesa, o pastor alegou que suas palavras foram proferidas em defesa de sua própria fé, acreditando na possibilidade de conversão de pessoas de outras religiões para o cristianismo. Ele afirmou que nunca incitou a violência contra os centros espíritas ou seguidores de religiões de matriz africana.

Redação Exibir Gospel