Siga nossas redes sociais
22/02/2024

Destaques

Flordelis começou a ser julgada pelo Júri nesta segunda-feira

Published

on

Compartilhe

Nesta segunda-feira 07, a ex-deputada Flordelis e mais quatro pessoas de sua família começaram a ser julgadas  pela morte do pastor Anderson do Carmo, assassinado no dia 16 de junho de 2019 em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

A sessão do Tribunal do Júri deve ter mais de um dia de trabalho, por conta da quantidade de réus e testemunhas.

Na primeira sessão, a delegada Bárbara Lomba, a primeira a investigar o crime, falou que a família vivia de aparências e que o casamento dos pastores era de fachada, pois eles se relacionavam sexualmente com os filhos adotivos, incluindo adolescentes.

A defesa de Flordelis negou a declaração da delegada e disse que os acusadores estão usando histórias paralelas para manchar a imagem de sua cliente porque não encontraram provas de que ela seja a mandante da morte do marido.

Além de Flordelis, são julgados sua filha biológica Simone dos Santos, a neta Rayane dos Santos, e os filhos afetivos André Luiz e Marzy Teixeira.

Cada um deles é acusado de um crime. A missionária e ex-deputada pode ser condenada por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima), tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

Redação Exibir Gospel /Leiliane Lopes