Siga nossas redes sociais
14/07/2024

Entretenimento

Globo desiste de exibir série LGBTQ+ no dia da Marcha para Jesus de São Paulo

Published

on

Compartilhe

Às vésperas do início do mês do Orgulho, a TV Globo envolveu-se em uma polêmica com a comunidade LGBTQIA+. Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, a emissora vetou a exibição de um episódio de uma série especial produzida para o telejornal “SP1” para evitar irritar religiosos.

A série aborda a relação da comunidade LGBTQIA+ com a cidade de São Paulo e destaca a Parada do Orgulho, evento anual na capital. Produzida pelo repórter Romulo D’ávila, a série inclui entrevistas com os primeiros organizadores do evento, em 1997, e deveria ser exibida em quatro a cinco episódios na semana de 27 a 31 de maio.

No entanto, a emissora optou por não exibir um episódio no dia 30 de maio, data do feriado de Corpus Christi e quando São Paulo sedia a Marcha para Jesus, considerada o maior evento popular cristão do mundo. A decisão foi tomada pela diretora de jornalismo da Globo em São Paulo, Ana Escalada, e teria desagradado os profissionais envolvidos na série.

De acordo com a Folha de São Paulo, a Globo buscou evitar reclamações de grupos religiosos e da parcela mais conservadora do público, especialmente evangélicos. Em resposta ao jornal, a Globo confirmou que a decisão foi editorial para dar espaço à cobertura da Marcha para Jesus e negou qualquer motivação religiosa na escolha.

Redação Exibir Gospel