Siga nossas redes sociais
27/05/2024

Entretenimento

Justiça manda soltar Davi Passamani após julgamento de habeas corpus, diz defesa

Published

on

Compartilhe

A Justiça de Goiás ordenou a libertação do pastor Davi Vieira Passamani, suspeito de envolvimento em crimes sexuais contra membros de sua congregação em Goiânia. A decisão foi publicada nesta terça-feira (23), após a defesa do religioso ter ingressado com um pedido de habeas corpus contra a prisão preventiva anteriormente decretada.

A Câmara Criminal, responsável pelo caso, concluiu que não existem fundamentos que justifiquem a continuidade da prisão. A informação foi confirmada pelo advogado Luiz Inácio Medeiros Barbosa.

Davi Passamani já foi liberado da detenção. Segundo informações obtidas pelo UOL, a Diretoria-Geral de Polícia Penal de Goiás afirmou que o pastor está sob monitoramento eletrônico, utilizando uma tornozeleira. Ele havia sido detido em 4 de abril na capital.

A revogação da prisão foi acompanhada pela imposição de medidas cautelares. De acordo com o advogado de defesa, tais medidas “são suficientes para garantir a ordem no processo penal até que haja uma sentença”. Ele argumentou que desde o início das investigações, essas medidas teriam sido adequadas para assegurar o andamento correto do processo, ao invés da prisão preventiva, que considerou uma medida extrema e desproporcional.

Redação Exibir Gospel