Siga nossas redes sociais
25/02/2024

Destaques

Léia Miranda ficará afastada da Deus é Amor por 5 anos por insubordinação

Published

on

Compartilhe

A Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA) decidiu disciplinar a evangelista Léia Miranda por 5 anos. O motivo foi a insubordinação por ela ter tentado eleger uma nova diretoria para evitar seu afastamento.

A filha do pastor David Miranda, já falecido, perdeu os cargos eclesiásticos e administrativos na igreja por conta da divulgação de um áudio de conteúdo sensual supostamente trocado entre ela e um pastor de Florianópolis (SC).

Léia Miranda diz que não é ela no áudio. O pastor, por sua vez, não nega e nem confirma. Ele foi desligado definitivamente da IPDA.

Por ter sido afastada em razão desse áudio, a evangelista tentou instituir uma nova diretoria para permanecer no cargo. O caso foi parar na polícia.

A previsão é que ela passe a morar no Rio de Janeiro e passe a frequentar uma unidade da Deus é Amor cujo pastor será designado para oferecer suporte espiritual.

Se apresentar um bom comportamento,a medida pode ser reduzida para 3 anos e 3 meses.

Não há informações se a penalidade será aumentado caso ela seja realmente acusada de ter o envolvimento extraconjugal com o pastor Paulo Elias.

Redação Exibir Gospel / Leiliane Lopes