Siga nossas redes sociais
13/06/2024

Destaques

Maine, nos EUA, pode legalizar o aborto até a hora do nascimento

Published

on

Compartilhe

A governadora do estado de Maine, nos Estados Unidos, Janet Mills (Democratas), pediu aos legisladores estatais que aprovem um projeto de lei que elimina todas as restrições atuais ao aborto, podendo legalizá-lo até o nascimento.

Os parlamentares devem debater sobre o projeto de lei número LD 1619 nas próximas semanas, mas segundo os ite CBN News, é certo que a governadora terá a maioria dos votos e o projeto será aprovado.

Ao que tudo indica, a legalização total do aborto tem co-patrocinadores suficientes para garantir sua aprovação por maioria. Isso porquê o projeto teve 76 patrocinadores e co-patrocinadores (o que no Brasil seria chamado de autores e co-autores) na Câmara e outros 20 no Senado.

O site Maine Wire explicou que o projeto vai exigir que a mulher interessada em matar seu filho no ventre tenha uma aprovação do médico, assistente médico ou enfermeira. Todavia, ela poderá suspender a gestação até o momento do parto.

A lei atual do estado do Maine permite o aborto até que o feto seja viável fora do útero, em aproximadamente 24 semanas, mas há uma exceção que permite abortos tardios para preservar a vida ou a saúde da mãe.

Exibir Gospel / Leiliane Lopes