Siga nossas redes sociais
23/05/2024

Entretenimento

Maioria dos adolescentes no mundo tem uma percepção positiva de Jesus e buscam na Bíblia o propósito da vida 

Published

on

Compartilhe

​​​​​Levantamento ouviu jovens de 13 a 17 anos em todo o mundo e teve como objetivo promover a compreensão destes adolescentes 

São Paulo, junho de 2023 – Em parceria com o Barna Group, as organizações cristãs Alpha; Associação Internacional de Escolas Cristãs (ACSI); Bíblica Brasil; Bible Study Fellowship; Christian Vision (CV); Christ In Youth; Envisionar, e a ONG Visão Mundial desenvolveram o estudo Geração Autêntica para a América Latina, para entender a identidade, valores e pontos de vista dos adolescentes (Geração Z) sobre aspectos como sociedade, comportamento e relação com a fé. A proposta da pesquisa é ajudar lideranças religiosas a entender essa geração emergente. Quase 25.000 adolescentes, de 13 a 17 anos, em 26 países participaram do estudo, que teve cortes transversais de adolescentes nacionalmente representativos de cada país, independentemente de sua religião ou inclinação. 

Entre os temas pesquisados estão custo de vida, preocupações com a saúde mental pós-pandêmica, política internacional e desastres naturais em andamento e, claro, religião. Os dados mostram que é raro os adolescentes pensarem mal de Jesus. A maioria dos adolescentes ao redor do mundo tem uma percepção positiva dele. Cerca de metade de todos os adolescentes, em grupos religiosos, descrevem Jesus como “amoroso” (49%) e acreditam que ele oferece esperança (46%) e se importa com as pessoas (43%). A impressão global de Jesus é que ele é confiável, generoso, sábio, pacífico. 

Outro dado importante revelado é que 84% dos adolescentes engajados com os estudos da Bíblia dizem que as Escrituras os ajudam a entender seu propósito. Os jovens acreditam que ela é “a palavra de Deus” e os mais engajados acreditam que a Bíblia ensina sobre viver uma vida significativa (84%) e ajuda a viver sabiamente na sociedade (80%). 

Para 79% dos brasileiros ouvidos na pesquisa, acreditar em Deus ajuda a entender a verdade sobre o mundo. E 48% disseram que a religião os ajuda a tomar decisões quando estão diante de dilemas morais. 

A pesquisa também ouviu os jovens a respeito da relação entre a Bíblia e a motivação por justiça. Os adolescentes cristãos motivados pela justiça dizem que a Bíblia os ajuda a enfrentar os erros dos outros, a promover a equidade e a justiça, a buscar impactar a vida de outras pessoas e a cuidar de pessoas que precisam de ajuda. 

Para conhecer o estudo em português, basta visitar o site:

http://estudobarna.com.br. E, quem quiser analisar os dados de cada um dos países participantes da pesquisa, basta clicar no link https://www.barna.com/the-open-generation/explore-the-data/