Siga nossas redes sociais
27/05/2024

Destaques

Na busca por popularidade entre religiosos, Lula cita “Deus” e “milagre” 27 vezes em discurso

Published

on

Compartilhe

Em uma mudança de tom em sua retórica, o presidente Lula (PT) fez referências religiosas em seu discurso durante uma viagem de dois dias ao Nordeste, com compromissos oficiais em Pernambuco e Ceará. Em um evento em Arcoverde, Pernambuco, Lula discursou por cerca de 25 minutos e utilizou expressões como “Deus” e “milagre” mais de uma vez por minuto, em média.

Durante o discurso, Lula fez 11 referências a Deus, além de mencionar 16 vezes a palavra “milagre”, duas vezes “crença”, uma vez “fé” e outra vez “homem lá de cima”. Ele também destacou a importância da fé e da crença das pessoas na realização de obras como a transposição do Rio São Francisco.

Essa mudança na retórica do presidente ocorre em um momento de queda na aprovação de seu governo, especialmente entre o público evangélico, que tem se aproximado mais de seu antecessor e rival político, Jair Bolsonaro (PL). Para reverter esse quadro, aliados têm sugerido a Lula gestos e mudanças de postura, incluindo o abandono de temas polêmicos e a realização de ações para se aproximar do público evangélico.

Além disso, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência lançará uma campanha com apelo religioso, com o mote “fé no Brasil”, buscando reduzir a polarização política e melhorar a popularidade do governo.

Apesar da mudança na retórica durante o evento em Arcoverde, Lula, em outro evento em Iguatu, Ceará, adotou um discurso sem referências religiosas, afirmando que não voltou à Presidência para fazer o mesmo e que pretende fazer mais e melhor do que em seus dois primeiros mandatos.

Redação Exibir Gospel