Siga nossas redes sociais
23/02/2024

Destaques

‘Não deixe seus corações serem perturbados’: Regente Univ. Dean dá perspectiva bíblica sobre o conflito Ucrânia-Rússia

Published

on

Compartilhe

Enquanto o mundo observa os eventos que se desenrolam entre a Rússia e a Ucrânia e os escatologistas questionam se é um evento significativo na profecia bíblica do Fim dos Tempos, um reitor da Universidade Regent diz que é uma oportunidade para a Igreja compartilhar o Evangelho e orar por aqueles que estão sofrendo. 

Muitos estudiosos apontam as ações da Rússia contra a Ucrânia como um precursor dos eventos em Ezequiel 38, que descreve várias nações se levantando contra Israel. 

O Dr. Corne Bekker, reitor da Escola de Divindade da Regent University, concorda que a guerra da Rússia contra a Ucrânia pode ser um prefácio para este evento do Fim dos Tempos, mas disse ao ” The Prayerlink ” da CBN News que não deveria ser o foco da Igreja. 

“Temos que lembrar o que Jesus disse. Ele disse em Mateus 24 que vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, e de guerras, mas não se perturbem seus corações; este ainda não é o fim”, disse Bekker. “Então ele vai mais longe e diz, finalmente este Reino… este Evangelho do Reino será proclamado a todas as nações como um testemunho a todas as pessoas pela graça de Deus, e então o fim virá.”

“Nosso foco deve estar na proclamação do Evangelho”, acrescentou. “Em toda a escritura, vemos Deus proclamar o julgamento e, em seguida, o povo de Deus intervém e ora por um adiamento. [Eles] oram por um tempo de paz, para que mais pessoas possam vir ao Senhor, e acho que esta é uma oportunidade para nós. “
 
Bekker acredita que a oração é poderosa em tempos de crise. 

“O Novo Testamento diz que a oração de um homem piedoso pode ter um grande efeito”, explicou ele. “A certa altura, Deus diz que vai julgar as cidades de Sodoma e Gomorra. E, no entanto, Abraão intercedeu. Um homem intercede e Deus perdoa e salva uma família.”

“Outro exemplo é Jonas, o profeta”, acrescentou Bekker. “Ele foi enviado para Nínive, que é a capital do reino assírio, um lugar absolutamente corrupto. E Deus disse que vou destruir a todos. E este profeta relutante em sua obediência vai proclamar a Palavra do Senhor. Deus salva isso cidade por mais 155 anos.”

“Que momento para orarmos agora”, continuou ele.

“O apóstolo Paulo diz que a oração, a súplica, a intercessão sejam feitas por todas as pessoas, especialmente aquelas em posição de autoridade”, acrescentou Bekker, “para que todas as pessoas possam chegar ao conhecimento salvador de Cristo. É assim que devemos orar para que a Rússia e o povo ucraniano pode vir ao conhecimento de Jesus.”