Siga nossas redes sociais
23/05/2024

Entretenimento

“Não é a Vitória Souza que tem que ser criticada, mas os líderes que lucram com ela”, diz pastor

Published

on

Compartilhe

A influenciadora Vitória Souza segue recebendo críticas por parte de teólogos e se tornando memes nas redes sociais pela forma como ministra nas igrejas, usando analogias de objetos e dando palavras motivacionais.

Mas para o pastor Thiago Santana, da Igreja Alicerce, a jovem pregadora não deve ser criticada, mas sim os pastores que a contratam para ministrar em suas igrejas e assim atrair um grande público.

“Ela é uma menina de 17 anos, menor de idade, não deveria estar sofrendo tanto por parte de cristão. Segundo, quem deveria estar sendo repreendido é o líder ou os líderes que dão espaço pra ela e que obviamente lucram com a imagem dela”, disse o pastor conhecido nas redes sociais por falar contra igrejas neopentecostais consideradas por ele como seitas.

Ele ainda comenta que o sucesso de Vitória é culpa do povo crente que “é muito raso” e que “não detecta a deficiência do seu discurso”, uma vez que a jovem não tem um discurso teológico.

“Ela não prega, pelos menos nos vídeos que viralizam, a Bíblia. Ela usa analogias, algumas até pueris e infantis, muito simples, e prega uma mensagem motivacional, secularizada, uma coisa de autoajuda”, completa.

Redação /Leiliane Lopes