Siga nossas redes sociais
24/05/2024

Entretenimento

Pastor critica a visão pré-tribulacionista do filme “Deixados para Trás”

Published

on

Compartilhe

A nova edição do filme Deixados Para Trás está prometendo ser mais um recordista de bilheteria no segmento. O filme, que aborda o tema do arrebatamento secreto, é alvo de muitos debates teológicos.

O pastor Rodrigo Mocellin, da Igreja Resgatar de Guaratinguetá (SP), por exemplo, é um dos que acreditam que a visão abordada no filme está errada e não tem base bíblica.

Para falar sobre sua posição, ele gravou um vídeo onde explica que a interpretação sobre o arrebatamento “secreto” antes da Grande Tribulação pode prejudicar a fé da Igreja.  O pastor explica que a Igreja não terá arrebatamento antecipado e que os cristãos salvos permanecerão na Terra durante a Grande Tribulação.

A visão do filme é pré-tribulacionista, ou seja, os cristãos são levados antes da tribulação começar e antes do anticristo ser revelado.

Para Mocellin, que é pós-tribulacionista, a Igreja será levada ao céu na segunda volta de Jesus, no Juízo Final, ou seja, quando a grande tribulação acabar.

Mas há ainda uma terceira vertente teológica: a que acredita que os cristãos serão arrebatados após três anos e meio de tribulação, os chamados meso-tribulacionistas.

Apesar dessas questões de interpretação bíblica, o filme traz um relato interessante sobre a necessidade de avisar a todos que Jesus em breve voltará. No Brasil, o primeiro final de semana de estreia do filme foi positivo, ficando entre os cinco filmes mais vistos.

Confira a visão do pastor: