Siga nossas redes sociais
23/05/2024

Destaques

Paulo Junior invalida avivamento da Rua Azuza e teólogos rebatem

Published

on

Compartilhe

O pastor Paulo Junior, líder da Igreja Aliança do Calvário, fez comentários polêmicos invalidando o avivamento da Rua Azuza, ocorrido na Califórnia (EUA) em 1906, e levou outros teólogos a comentarem sobre o tema.

Para Junior, que é contrário a manifestações espirituais, o que aconteceu nos Estados Unidos há mais de 100 anos e gerou uma grande transformação social, cultural e espiritual foi “um embalo emocional”.

Um dos teólogos que resolveu responder sobre essa fala foi o pastor Geremias Couto, da Assembleia de Deus, que rebateu Paulo Junior da seguinte forma: “Caracterizar Azuza como embalo emocional e não avivamento genuíno, como fez Paulo Júnior, revela desconhecimento da história e profunda dose de preconceito”.

Pelo Twitter, Couto complementou: “Todos os avivamentos tiveram os seus excessos, mas não se tira a sua genuinidade. Os efeitos de Azuza permanecem até hoje”.

O pastor e escritor Gutierres Fernandes Siqueira, também da Assembleia de Deus, usou os seus perfis nas redes sociais para se posicionar e disse: “O avivamento na Rua Azusa foi um momento crucial na história moderna do cristianismo. Em um período de intensa segregação racial, William Seymour, um pastor afro-americano, liderou um movimento que quebrou barreiras raciais e culturais ao unir cristãos de diversas origens em um único lugar”, disse ele.

Paulo Junior não aceita o mover sobrenatural daquele período onde os crentes eram batizados com dons de línguas, revelações e curas. Esses pontos passaram a ser presentes nas igrejas pentecostais e permanecem até os dias de hoje.

Mas segundo Gutierres não são apenas os dons que marcaram aquele momento histórico para os Estados Unidos e também para o cristianismo.

“Os relatos do período destacam a presença de um forte senso de chamado ao arrependimento, bem como uma forte ênfase na oração e no estudo da Palavra de Deus. Os participantes do movimento estavam profundamente comprometidos em levar a mensagem do evangelho para o mundo”, afirma o pastor, listando então elementos que caracterizam um avivamento.

Redação / Leiliane Lopes

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.