Siga nossas redes sociais
24/05/2024

Entretenimento

PORTAS ABERTAS: 45 anos servindo a Igreja Perseguida

Published

on

Compartilhe

Iniciada oficialmente em 1º de maio de 1978, a Portas Abertas completa 45 anos no Brasil em 2023

Para celebrar e agradecer a fidelidade de Deus, convidamos você e sua família para participar do culto de ação de graças no dia 6 de maio, na Igreja Batista Boas Novas, em São Paulo/SP.

Durante essa noite especial, você será lembrado de como a Portas Abertas surgiu no mundo e quando a irmã Elmira trouxe a missão de fortalecer a Igreja Perseguida para o Brasil. Além disso, poderá ver até onde suas orações e doações chegaram e como isso impactou milhões de vidas. Hoje, o escritório da Portas Abertas Brasil conta com mais de 40 colaboradores, 500 voluntários e 38 mil parceiros engajados.

No culto de celebração, teremos a presença de Johan Companjen, cofundador e companheiro do Irmão André na criação da Portas Abertas. E seremos impactados pelo testemunho de Timothy Cho, um cristão perseguido norte-coreano, entre outras atrações.

Confira abaixo a programação desse culto de gratidão.

Louvor:
 Luciano Claw e banda;

Pregação: Johan Companjen, cofundador Portas Abertas
Testemunho: Cristão perseguido da Coreia do Norte, Timothy Cho

Santa ceia: Jeremias Lyu
Lançamento: novo livro Irmão André: Sem medo pela fé
Exposição do fusca: réplica do carro utilizado nas primeiras viagens de contrabando de Bíblias do Irmão André

Serviço

Culto de celebração: 45 anos da Portas Abertas   

Data: 6 de maio  

Horário: 19h  

Local: Igreja Batista Boas Novas  

Endereço: Rua Marechal Malet, 611 – Parque da Vila Prudente – São Paulo/SP  

ENTRADA FRANCA

Saiba mais em Portas Abertas 45 anos no Brasil

Veja mais da programação no vídeo sobre a Celebração

 A mulher à frente da Portas Abertas Brasil

Se o Irmão André foi corajoso para dizer sim para o chamado de fortalecer os cristãos perseguidos ao redor do mundo, Elmira Pasquini foi visionária quando resolveu trazer a Missão Portas Abertas para o Brasil.

Após ler a autobiografia do Irmão André, O Contrabandista de Deus, a cristã brasileira foi impactada pela história. Em 1972, na Áustria, durante a conferência Aliança Cristã Hospitalar Internacional – IHCF, Elmira conheceu o Irmão André e perguntou: “Quando você irá para o Brasil?”, e a resposta imediata foi: “Ore”.

Durante a passagem do fundador da Portas Abertas pelo Brasil, em 1977, Elmira foi até o Rio de Janeiro e conseguiu trazer o Irmão André até a Igreja Batista da Liberdade, em São Paulo. O evento reuniu mil pessoas em oração pela Igreja Perseguida. Com as ofertas levantadas pelas visitas do Irmão André, nasceu a Portas Abertas Brasil. O ministério foi inaugurado oficialmente em 1º de maio de 1978 e funcionou na casa da irmã Elmira nos primeiros anos.

“A oportunidade que nós tivemos de começar a Portas Abertas foi tão grande, tão preparada pelo Senhor, que só tínhamos que trabalhar para transmitir a causa para os outros”, explicou irmã Elmira.

A fundadora da Portas Abertas no Brasil fez parte da diretoria no início, mas continuava acompanhamento o trabalho mesmo após passar a liderança para outras pessoas.  Regularmente, ligava para o escritório e pedia para falar com cada pessoa que participava da produção da Revista Portas Abertas. Ela esteve presente na celebração dos 40 anos da Portas Abertas no Brasil e foi homenageada.

Em 25 de fevereiro de 2022, a irmã Elmira partiu para a glória, aos 95 anos, deixando um legado de amor, intercessão e compromisso com a causa dos cristãos perseguidos ao redor do mundo.

****