Siga nossas redes sociais
18/05/2024

Destaques

Quem lê a Bíblia tem “muito mais esperança” , diz estudo dos EUA

Published

on

Compartilhe

Uma pesquisa feita pela American Bible Study concluiu que os americanos que leem e se envolvem com a Bíblia regularmente têm mais esperança do que os não leitores.

O resultado foi criado através de um teste de perseverança e esperança que cria uma escala de acordo com as respostas dos participantes da pesquisa.

As perguntas oferecidas, pedem aos indivíduos que classifiquem suas respostas a uma série de perguntas em uma nota de 1 (nada) a 5 (muito). Entre as possibilidades estão afirmações como: “Estou determinado a ver as coisas até o fim”, “Estou motivado a esperar por um resultado bem-sucedido”, entre outras.

“Ao lidar com as lutas da vida, as pessoas que se envolvem com a Bíblia têm muito mais esperança do que outras”, disse o relatório.

Os pesquisadores notaram pouca diferença entre as gerações e entre homens e mulheres, mas viram que a maior pontuação foi registra no grupo das pessoas que eram engajadas com a Palavra de Deus.

Os americanos que estão “engajados com as Escrituras”, a pontuação foi de 4,1. Os americanos que são “desengajados com a Bíblia” marcaram 3,7.

“Nenhum outro grupo demográfico teve uma pontuação tão alta. Aparentemente, aqueles que leem a Bíblia regularmente, que vivem e pensam de acordo com seus ensinamentos, encontram recursos que os mantêm em movimento, mesmo em tempos difíceis”, conclui a pesquisa.

Exibir Gospel / Leiliane Lopes