Siga nossas redes sociais
23/02/2024

Destaques

Cristão com doença de Parkinson está preso no Irã

Published

on

A polícia chegou a libertar o casal em 2021, mas voltou atrás e executou a prisão recentemente Crédito: Article 18
Compartilhe

O cristão Homayoun e a esposa foram presos por participarem de igrejas domésticas

Homayoun Zhaveh, de 63 anos, e a esposa, Sara Ahmadi, de 44 anos, foram presos no dia 13 de agosto. Eles pensavam que iriam apenas buscar seus pertences, que tinham sido confiscados, quando na verdade ficaram detidos na prisão de Evin, em Teerã. O Irã ocupa a 9ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2022 e registrou várias prisões arbitrárias de cristãos nos últimos meses.  

O casal foi preso pela primeira vez em junho de 2019, quando estava reunido com outras famílias cristãs na cidade de Amol, no Norte do Irã. Todos que estavam na reunião foram interrogados, mas apenas Homayoun e Sara foram presos; eles foram transferidos de Amol para a prisão Evin. 

Em novembro de 2020, a corte sentenciou o casal a quase 11 anos de prisão por participar e liderar uma igreja doméstica. Atendendo ao apelo, um mês depois, a sentença de Sara foi reduzida para oito anos. O casal declarou que não fez nada que pudesse ameaçar a segurança nacional e o advogado deles disse à corte que Houmayoun não teria condições de se envolver em ações como essas por causa da doença dele. 

Pedido negado 

A Suprema Corte rejeitou o apelo deles para recorrer da sentença em junho de 2021. Eles se apresentaram para cumprir a sentença, mas as autoridades repentinamente disseram que eles poderiam voltar para casa. Mais de um ano depois, as mesmas autoridades voltaram atrás e decidiram que eles seriam presos novamente. 

“É muito preocupante que um homem idoso com uma doença grave seja preso. É muito provável que a detenção piore o quadro de saúde de Homayoun. Pedimos às autoridades iranianas que libertem Homayoun e Sara, que além de ser esposa do cristão, cuida das medicações e necessidades dele. Também solicitamos que parem de perseguir e prender cristãos de origem muçulmana por causa da fé em Jesus, já que os cultos e ações dos cristãos são pacíficos e não ameaçam o Irã”, disse o diretor de advocacy da organização Article 18

Socorro para cristãos presos 

Em muitos países, cristãos são presas apenas por seguir Jesus e no cárcere carecem de remédios, alimento e advocacy (mobilizações em defesa dos cristãos). Saiba mais e demonstre cuidado e apoio a esses cristãos presos prove que eles não foram esquecidos. 

Portas Abertas