Siga nossas redes sociais
22/07/2024

Destaques

“Deus me preparou para este momento”, explica Tandara Caixeta

Published

on

Compartilhe

Ao olhar para trás, Tandara Caixeta observa o quanto sua vida mudou. As dificuldades que enfrentou ao longo da caminhada, parecem ter calejado seus pés para o longo trajeto que à espera, já que agora é candidata a Deputada Federal, pelo MDB.

Ciente das dificuldades do país, a atleta campeã olímpica com a Seleção Brasileira de Vôlei em 2012, sente que Deus realizou mudanças para prepara-la:

– “Sinto que nada é por acaso. Deus é bom o tempo todo. Entendo que a falta de recursos no passado, por exemplo, me permitem hoje olhar de forma mais terna para os mais desfavorecidos, pois já passei vontade das coisas”, explicou.

Segundo a atleta, os momentos mais desafiadores de sua vida a prepararam para desafios futuros.

– “No fim das contas, as dificuldades são oportunidades de nos elevarmos a Ele. Certa vez ouvi em um filme a seguinte lição: Se alguém rezar pedindo paciência, Deus não dá paciência. Envia a oportunidade de ser paciente; Se pedimos coragem, Deus não nos dá a coragem, mas sim a oportunidade de sermos corajosos; Se alguém pede que a família seja mais unida, acha que Deus une a família com amor e alegria, ou dá a eles a oportunidade de se amarem?”, sintetizou.

Na opinião dela, é preciso zelar pelas famílias, através da construção de valores, e estender as possibilidades do servir para a grande família universal.

– “Nós somos todos irmãos, e temos defeitos. É preciso amar, cuidar, perdoar. Não sabemos quanto tempo temos. Só sabemos que devemos fazer aquilo que Jesus Cristo faria se estivesse em nosso lugar. Por isso sinto-me preparada para fazer todo o bem que me for possível, através de políticas públicas que ajudem ao próximo, seja através do Esporte, do fortalecimento do Terceiro Setor, ou de qualquer outra iniciativa que ajude as coletividades”, lembrou.

Segundo ela, em suas orações, ela só pede que Deus continue a mostrar o caminho.

– “Hoje entendo que a política de Deus é a do servir e amar. Quero ser um braço dele, ajudando a servir as pessoas. Se Ele me mudou para preparar-me para este momento, sei que posso fazer aquilo que Ele espera”, finalizou.