Siga nossas redes sociais
14/07/2024

Entretenimento

Taxa de abandono da religião na Ásia Oriental é das mais altas do mundo, diz estudo

Published

on

Compartilhe

Um estudo recente do Pew Research Center, think tank americano, revela que os países do Leste Asiático apresentam taxas notáveis de mudança religiosa. Mais de 10 mil pessoas foram entrevistadas, e muitas agora possuem uma identidade religiosa diferente daquela em que foram criadas.

Hong Kong e a Coreia do Sul lideram a lista, com 53% dos entrevistados afirmando ter mudado sua identidade religiosa, incluindo o abandono completo da religião. Em Taiwan, 42% das pessoas mudaram de crença religiosa, enquanto no Japão esse número é de 32%.

Para fins de comparação, um levantamento de 2017 na Europa não encontrou nenhum país com taxa de mudança superior a 40%. Nos Estados Unidos, dados coletados em 2023 mostram que apenas 28% dos adultos não se identificam mais com a fé em que foram criados. No Brasil, a taxa de mudança religiosa é um pouco acima de 10%.

Além disso, o estudo revela que 20% das pessoas criadas como budistas abandonaram a religião. Na Coreia do Sul, 12% dos cristãos eram recém-chegados à fé, enquanto os novos devotos do budismo representavam 5%.

Em Hong Kong, 9% adotaram o cristianismo e 4% o budismo. No entanto, o maior grupo de mudança religiosa é formado por aqueles que não se identificam com nenhuma religião, especialmente nos países do Leste Asiático. Em Hong Kong, 37% das pessoas e na Coreia do Sul, 35%, relataram essa experiência, em comparação com 30% na Noruega e 20% nos EUA.

Redação Exibir Gospel