Siga nossas redes sociais
14/07/2024

Destaques

Piauí pode ter protocolo contra crimes de intolerância com religiões de matriz africana

Published

on

Compartilhe

Na tarde desta terça-feira (11), o secretário de Segurança Pública do Piauí, Chico Lucas, reuniu-se com representantes de movimentos ligados a religiões de matriz africana. O encontro teve como foco o enfrentamento de crimes de intolerância religiosa.

Recentemente, o aquário que protege a imagem de Iemanjá, localizado às margens do Rio Poti, no bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina, foi vandalizado após ameaças nas redes sociais.

Chico Lucas anunciou que o crime de intolerância religiosa contra a imagem de Iemanjá será investigado. Além disso, está prevista a criação de um protocolo de atuação no âmbito da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para casos de intolerância religiosa na internet, especialmente direcionado às religiões de matriz africana.

“Comprometemo-nos a apurar esse crime de intolerância contra a imagem de Iemanjá e também a desenvolver um protocolo para analisar os delitos cometidos online, principalmente os relacionados à intolerância”, afirmou o secretário.

Um grupo de trabalho será formado para elaborar o protocolo, e a reunião contou com a presença da secretária de Relações Sociais, Núbia Lopes, e da superintendente de Igualdade Racial, Assunção Aguiar.

Redação Exibir